Pergunta frequente: Como contabilizar o financiamento de um veículo?

Como contabilizar a compra de um veículo financiado?

Todos os empréstimos e financiamentos contraídos pela empresa, cujo prazo de pagamento final seja inferior a um ano, contado a partir da assinatura do contrato, deverão ser registrados contabilmente no Passivo Circulante.

Como contabilizar compra de bens do ativo imobilizado através de financiamento?

Quando há aquisição de bens para o ativo imobilizado através de financiamentos (como o Finame), deverá ser considerado como custo a ser ativado o preço total constante da nota fiscal do fornecedor, acrescido de outros dispêndios, como por exemplo, o frete e o seguro cobrados à parte.

Como contabilizar a compra de um veículo a prazo?

Na hipótese de aquisição do imobilizado com pagamento à prazo ou à vista, basta debitar o valor correspondente á aquisição e creditar a conta de fornecedor (se compra à prazo) ou Caixa/Bancos Cta. Movimento (se à vista). Nota: registrar, também, o ICMS sobre a aquisição do imobilizado, quando cabível.

Quando da contratação de um financiamento os juros devem ser reconhecidos de que forma em quais contas?

A receita de juros ou a despesa de juros deve ser reconhecida somente na medida em que ativo (ou recebível) de contrato ou passivo de contrato for reconhecido na contabilização do contrato com o cliente. 66.

É INTERESSANTE:  O que é um caminhão traçado?

O que é apropriação de juros?

A apropriação ocorre quando há o pagamento. Pois a parcela na maioria dos casos são composta com o valor principal acrecidos de juros.

O que é aquisição de imobilizado?

O custo de aquisição de um bem do imobilizado compreende preço de compra, inclusive impostos de importação e impostos não-recuperáveis sobre a compra, bem como de custos para instalar e colocar o ativo em condições operacionais para ser usado.

O que é financiamento na contabilidade?

O que é financiamento? Assim como o empréstimo, o contrato de financiamento consiste na concessão de crédito a pessoa física ou jurídica por uma instituição financeira credenciada. O pagamento é feito com juros e encargos em um prazo determinado.

Como contabilizar permuta de mercadorias?

1 – CONTABILIZAÇÃO

Para evitar misturar as contas de Cliente e Fornecedores com as permutas o ideal é criar no mesmo nível destas duas uma conta denominada PERMUTAS CELEBRADAS no Ativo Circulante e a outra com o nome de PERMUTAS A COMPENSAR no Passivo Circulante.

Como contabilizar a compra de um ativo imobilizado?

O primeiro passo no controle do ativo imobilizado é fazer um inventário dos bens da empresa. Dependendo do porte da empresa essa atividade pode ser demorada, principalmente pela quantidade de ativos e complexidade de suas descrições. É importante que o inventário dos bens de uma empresa seja feito periodicamente.

Como contabilizar veículo totalmente depreciado?

Suponhamos o veículo adquirido por 30.000,00 e que tenha vida útil de 5 anos, logo ao final do 5º ano ele estará totalmente depreciado. Nesse caso, sendo desnecessário efetuar o lançamento nas contas de resultado. Caso o veículo não estivesse totalmente depreciado, a diferença, seria debitada no Resultado.

Como contabilizar a depreciação de um veículo?

Para calcular a perda anual em porcentagem, basta dividir 100% pelo total de anos de vida útil. Por exemplo, um veículo tem valor contábil de R$ 30 mil. Sua expectativa de vida útil é de 5 anos. O veículo terá, portanto, uma depreciação de 20% ao ano, o equivalente a R$ 6 mil.

É INTERESSANTE:  Quais os documentos necessários para tirar carteira de motorista?

O que é a conta juros a transcorrer?

Os juros a transcorrer ou encargos financeiros a transcorrer é uma conta de natureza devedora que tem origem nas operações de empréstimos e financiamentos com a cobrança antecipada de juros passivos, é uma conta retificadora do Passivo, que será apropriada ao resultado à medida que o tempo transcorrer.

Como contabilizar entrada de mercadoria em consignação?

Por ocasião da remessa das mercadorias em consignação não há de se falar em transferência da propriedade, mas tão somente da posse das mercadorias. Para tanto, a maneira mais correta para a sua contabilização é por meio de contas de compensação.

Como apropriar juros de parcelamento?

Se os juros e multas estiverem provisionados em conta redutora do parcelamento, você faz a apropriação contra a despesa, e baixa o principal contra o caixa. Se não estiver provisionado os juros e a multa, você faz o lançamento diretamente na despesa c/ juros e multas do valor.

 Na estrada